The Last One

This is our last post this year. Just because we do not have time for more.

In December, we decided that we had to take a short trip, even for our country.
I (Sara) had mentioned several times that I had never seen snow. It isn’t something that happens in the city we live in. For this, we have to go to the interior of our country and preferably to the highest point. Even so, it must be very cold and rainy.
Goncalo stays a few days out of his work and since I have a more flexible work, it was easy to organize a few days to go see Serra da Estrela and with luck, see the snow.

We went in one day and we came in another. We left early to the Serra da Estrela. The forecast was snowfall. Perfect! Of course we were equipped to -5 ° C.

I (Sara) took a Canon Eos 300 with a 24-105mm and two Kodak Gold 200 and Gonçalo had Konica with a Fuji C200. We also took our silbersalz35 to try.

The route begins in Covilhã towards Penhas Douradas, always following to the Tower that is the highest point of the Serra da Estrela. Unfortunately, with the snowfall the access road to the tower was closed.
We stopped on the way to contemplate the landscape.

Back to Castelo Branco, we decided to stop at the Pit of Hell and then at Manteigas.

 

The next morning we took a tour of Castelo Branco, passed the gates of Rodão and finished our trip in Mação (we have not yet revealed these images).

Kodak Gold 200 – Serra da Estrela

 

Kodak Gold 200 – Poço do Inferno

 

Fuji C200 Konica – Poço do Inferno

 

kodak Gold 200  – Castelo Branco e Portas de Rodão

 

Este é o nosso último post deste ano. Só porque não dá tempo para mais.

Neste mês de dezembro decidimos que tínhamos de fazer uma pequena viagem, mesmo pelo nosso país.
Eu (Sara) já tinha cito várias vezes que nunca tinha visto nevar. Não é coisa que aconteça na cidade onde vivemos. Para isso temos de ir até ao interior do nosso país e de preferência ao ponto mais alto. Mesmo assim, tem de fazer muito frio e chover.
O Gonçalo consegue uns dias de folga do seu trabalho e como o eu tenho um trabalho mais flexível, foi fácil organizar uns dias para irmos ver a Serra da Estrela e com muita sorte, ver nevar.

Fomos num dia e viemos noutro. Saímos cedo diretos à Serra da Estrela. A previsão era de queda de neve. Perfeito! Claro que íamos equipados para -5 °C.

Eu (Sara) levei uma Canon Eos 300 com uma 24-105mm e dois Kodak Gold 200 e o Gonçalo tinha a Konica com um Fuji C200. Também levámos os nosso silbersalz35 para experimentar.

O percurso começa na Covilhã em direção às Penhas Douradas, seguindo sempre até à Torre que é o ponto mais alto da Serra da Estrela. Infelizmente, com a queda de neve a estrada de acesso à torre estava fechada.
Fomos parando pelo caminho para contemplar a paisagem.

De volta para Castelo Branco, decidimos parar no Poço do Inferno e depois em Manteigas.

Na manhã seguinte demos uma volta por Castelo Branco, passámos pelas portas de Rodão e terminámos a nossa viagem em Mação (ainda não revelámos estas imagens).


Twin Brothers . Sara e Gonçalo

 

 

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s