JCH – Street Pan 400

(Portuguese version below)

When we search on google by JCH, the first thing that appears is Bellamy Hunt.

Bellamy Hunt is the inventor of JCH – Street Pan 400.
An analogue photography enthusiast, Bellamy lives in Tokyo and now his effort is focused on finding and selling cameras. He usually says that “if they exist in Tokyo, I find”.

Currently, we don’t see new films to be placed on the market. In fact, everything had already been invented. However, several films are being discontinued.

In 2016, Bellamy Hunt decides he should reverse the scenario by bringing us the Street Pan 400.

The JCH – Street Pan 400 comes from a discontinued Agfa surveillance film. With fine grain and high speed, it is a film that adapts to a wide range of climatic conditions. Its sensitometric characteristics make the film ideal for low-light shooting and long areas of shadow, covering a large photographic exposure latitude.
Due to its sensitivity to red light the film is adapts to dawn, twilight and winter conditions. This spectral sensitivity is extended in the infrared range and the sensitivity to color goes up to 750nm. As a result we have a better adaptation to atmospheric conditions capable of affecting image quality.

It can be developed as high contrast or low contrast film. It has a back coating of gelatin to prevent scratches on the back of the film and base substrate layers that provide permanent anti-static properties to the film.

Of the first things we noticed as soon as we opened the box was the thickness of the film. It is so thin compared to the film we are used to.
Streep Pan was used in a very hot day. It was summer and the height of the day specified had plenty of light. To make difficult (or not) the streets where we were had much contrast. The houses were white with a dark gray sidewalk that when photographed the sidewalk almost turned black.

The result leaves me thinking. The first idea I had is that it is not good to err photometry if we want a balanced result. We can have an unpleasant outcome.
Contrast is the hallmark of this film, but depending on the photometry (measured in highlights, shadows or halftones) the contrast shows different detail and clarity.
By measuring light for the high lights, we make the white slightly gray. The detail is visible in this zone but everything in shadow is only a black blur. Some half-tones of this same image lose detail and are quite dark.

I found a balanced result when I measured the light for midtones. Although they are quite dark due to the contrast of the film itself  we can have detail in almost all areas of the image. This is something to keep in mind when we shoot.

We develop this film at home with the Kodak D76 Developer, with the times available at http://www.digitaltruth.com/devchart.php.

The developer and the development times also affect the final result.

Thanks Bellamy!

GEAR: CANON EOS 300 + CANON24-105M

 

 

Quando pesquisamos no google po JCH, a primeira coisa que aparece é Bellamy Hunt.

Bellamy Hunt é o inventor do JCH – Street Pan 400.
Um entusiasta da fotografia analógica, Bellamy vive em Tóquio e actualmente o seu esforço centra-se em encontrar e vender máquinas fotográficas. Ele costuma dizer que “se existem em Tóquio, eu encontro”.

Actualmente, não vemos novos rolos a serem colocados no mercado. Na realidade, é como tudo já tivesse sido inventado. No entanto, vários filmes estão a ser descontinuados.

Em 2016, Bellamy Hunt decide que deveria de inverter o panorama ao trazer-nos o Street Pan 400.

O JCH – Street Pan 400 vem de um descontinuado filme de vigilância da Agfa. De grão fino e alta velocidade, é um filme que se adapta a uma ampla gama de condições climáticas. As suas características sensitometricas tornam o filme ideal para fotografia com pouca luz e áreas longas de sombra, abrangendo uma grande latitude de exposição fotográfica.
Devido à sua sensibilidade à luz vermelha o filme é adapta-se condições  de alvorada, crepúsculo e Inverno. Esta sensibilidade espectral é estendida na faixa do infravermelho e a sensibilidade à cor vai até aos 750nm. Como resultado temos uma melhor adaptação a condições atmosféricas capazes de afectar a qualidade de imagem. Algumas das minhas imagens tem aquela aspecto de fotografia INFRARED, e isso deve-se a esta particularidade espectral.

Pode ser revelado como filme de alto contraste ou baixo contraste. Tem um revestimento traseiro de gelatina para evitar arranhões na parte de trás do filme  e camadas de substrato base que fornecem propriedades anti-estáticas permanentes ao filme.

Das primeiras coisas que reparámos assim que abrimos a caixa, foi a espessura da película. É tão fina comparando com o rolos a que estamos habituados.
No dia em que usámos o street pan estava muito calor. Era Verão e a altura do dia especifica tinha muita luz. Para dificultar (ou não) as ruas onde estivemos tinham muito contraste. As casas eram brancas com uma calçada cinzenta escura que quando fotografados a calçada quase que ficava preta.

O resultado deixa a pensar. A primeira ideia que tive é que não é favorável errar a fotometria. Podemos ter um resultado desagradável.
O contraste é imagem de marca deste filme, mas consoante a fotometria que fazemos (medição nas altas luzes, sombras ou meios tons) este contraste apresenta detalhe e nitidez diferentes.
A medição de luz para as altas-luzes, tornamos o branco ligeiramente cinzento. O detalhe é visível nesta zona mas tudo o que fica em sombra não passa de um borrão preto. Parte do meios tons dessa mesma imagem perdem detalhe e são bastante escuros.

Encontrei um resultado equilibrado quando medi a luz para os meios tons. Apesar destes serem bastante escuros devido ao contraste do próprio filme, conseguimos ter detalhe em quase todas as zonas da imagem. Isto é algo para ter em mente na altura em que fotografamos.

Revelámos este rolo em casa com o Revelador da Kodak D76, com os tempos disponibilizados pelos site http://www.digitaltruth.com/devchart.php.

O revelador e os tempo de revelação condiciona o resultado final das nossas imagens.

Obrigada Bellamy.

GEAR: CANON EOS 300 + CANON24-105M

Twin Brothers . Sara Martins

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s